sexta-feira, 27 de junho de 2008

Temperamento impulsivo

“Sou o que se chama de pessoa impulsiva. Como descrever? Acho que assim: vem-me uma idéia ou um sentimento e eu, em vez de refletir sobre o que me veio, ajo quase que imediatamente. O resultado tem sido meio a meio: às vezes acontece que agi sob uma intuição dessas que não falham, às vezes erro completamente, o que prova que não se tratava de intuição, mas de simples infantilidade.
Trata-se de saber se devo prosseguir nos meus impulsos. E até que ponto posso controlá-los. [...] Deverei continuar a acertar e a errar, aceitando os resultados? Ou devo lutar e tornar-me uma pessoa mais adulta? E também tenho medo de tornar-me adulta demais: eu perderia um dos prazeres do que é um jogo infantil, do que tantas vezes é uma alegria pura. Vou pensar no assunto. E certamente o resultado ainda virá sob a forma de um impulso. Não sou madura bastante ainda. Ou nunca serei.”
Ibid., CL

4 comentários:

Acalanto disse...

Dorme meu filho levado, dorme que a noite já vem, seu pai está muito cansado, de tanto amor que ele tem.

berto xxx disse...

are you sure about that?


berto xxx

lottery numbers disse...

For us when we visit some blog site our main objective is to ensure that we will be entertained with this blog.

berto xxx disse...

such a nice blog.


berto xxx