sexta-feira, 20 de junho de 2008

Nem sempre o amor é tão azul.

A música preenche sua falta
Motivo dessa solidão sem fim
Se alinham pontos negros de nós dois
E arriscam uma fuga contra o tempo
O tempo salta.

2 comentários:

DOce disse...

Eu fui por você!

Anônimo disse...

Seria bom ir nos momentos bons e ruins, e não somente nos ruins ou por medo de alguma perda.