domingo, 24 de maio de 2009

.Seus olhos embotados de cimento e lágrima


A verdade essencial é o desconhecido que me habita e a cada amanhecer me dá um soco.

5 comentários:

Aspone disse...

E se vc o conhecesse? A relação poderia ser menos dolorida?
Se bem que tem pessoas com mais tolerância a dor. Quando é diária às vezes acostuma.

Aspone disse...

Aliás, esse post está simplesmente fenomenal!
Um verdadeiro trabalho artístico, onde se vê perfeitamente o casamento de uma frase com uma fotografia.
Perfeito!
Inclusive me fez lembrar uma música do Móveis Coloniais de Acaju, "Cego (Registro de uma inspiração alheia)".
Muito bom, muito bom mesmo!

suelen folego disse...

"Quase sem querer"

Sem.fantasia disse...

O constante sufocar do tempo!

Doce disse...

Será que o ser humano vai ficando mais forte?
Neste caso penso que a importante conquista é não endurecer por conta disso.