sexta-feira, 22 de maio de 2009

.Seja breve.

Porque, de tão interessante que é a todos os momentos,
A vida chega a doer, a enjoar, a cortar, a roçar, a ranger,
A dar vontade de dar gritos, de dar pulos, de ficar no chão, de sair
Para fora de todas as casas, de todas as lógicas e de todas as sacadas...

9 comentários:

Anônimo disse...

Fiquei imaginando você agitando sua mão e dizendo: "seja breve, que a vida está a correr".
Acredito que termino amanhã de ler o livro que me emprestou, deixo na sua casa depois, ou se preferir, podemos tomar um café e te entrego. Tentei encontrar um igual para comprar, mas não consegui...tive vontade de roubar o seu, já que deve ser mais caro com todas as suas anotações. Enfim, vou conter meu impulso, e em breve devolvo-o.

Felipe disse...

Tenho que comentar porque achei muito engraçado, a lu emprestou um livro pra anônima ai de cima, emprestou um pra mim também, e sei de mais duas pessoas da sala que estão com livros dela, ou seja, se todos resolverem, ao mesmo tempo, devolver seus livros, a lu terá uma biblioteca, pois mesmo com um monte deles emprestados ainda sobre vários pelo quarto. Agora pra você que como eu tem um livro dessa mocinha aqui vai uma dica, ela anota na agenda quem pegou, qual pegou e quando pegou, então devolva antes que seu telefone toque. Dica de um amigo que já viu a fúria da doce menina.

Mariana disse...

Todo mundo que conhece “bem” a lu tem um livro dela emprestado, mesmo porque se a sua praia não for gostar de ler ela vai te fazer ficar fascinada por um deles, ganha o leitor pela descrição e isso não é mentira. Sumida!

Anônimo disse...

Vocês queriam o que, que a menina tivesse essas sacadas para o blog e para as citações sem ler ou ter livros rssss

Lg. disse...

Larguem a mão de serem bobos e devolvam meus livros logooooo!!! Gosto muito desse pessoal ai de cima, nas proporções que só eu sei. E Felipe, você sempre muito engraçadinho né, nunca fui furiosa. Detalhe, não se esqueçam da postagem, devemos comentá-la, ela é o centro das atenções.

{diva_elfa}AL disse...

Muito mais interessante o teu blog e tuas postagens, também me tornarei assídua por aqui.

{diva_elfa}AL wishes you weel

V disse...

Gostei da frase em negrito!
Eis que vivo estamos e, todavia sejamos um, não ficamos só, mesmo que desejássemos ter um momento alheio, aquém do mundinho que nos cerca, que talvez nos faça feliz...
Ser breve e com leveza.
E se demorar?

Lg. disse...

E se algumas pessoas resolverem demorar ou alguma situação perdurar por mais tempo do que o esperado? Ai acredito que só pelo fato de não pedir para ser breve já deve representar um estágio de apreciação mútua.

V disse...

"Astronauta libertado
Minha vida me ultrapassa
Em qualquer rota que eu faça
Dei um grito no escuro
Sou parceiro do futuro
Na reluzente galáxia"