domingo, 17 de fevereiro de 2008

.Por essas e outras, sempre quero sentir vontade de chorar quando você partir.

Levantamos mesmo sem que pudéssemos ter dormido e esse verbo no plural é o que garantiu a minha alegria. Conversamos assistindo o sol nascer imponente, como sempre ele amanhece e como sempre eu nunca estive lá para contemplá-lo. Pois nessa segunda que vos falo agora, estava eu no lugar onde quis estar o ano todo e acompanhada de uma pessoa que enfrentou seus limites provando o que não era necessário, eu reconheci, tenha certeza disso! Aquele dia confirmei a sorte de ter ao meu lado uma pessoa distinta. Por mais que tentasse me convencer que não eu sabia que ali poderia existir tudo, menos limitações. Obrigada por comprovar isso naquele amanhecer.
lg

8 comentários:

Rafa disse...

O verbo no plural deveria existir para todos, o nós é tão bonito quando bem falado. Ah esse nós!

Anônimo disse...

Que coisa linda é chorar quando a vontade vem intensa, lá de dentro :****

Anônimo disse...

O coisinha tão bunitinha do pai, deveria estar de frente para a foto. ;)

Anônimo disse...

Há tempos que venho aqui e nunca vi seu rosto, somente naquela foto do perfil que ainda está bem a sua moda.
Estou aqui, mas não quero que me vejam por completo! É encantadora.

Eu era o anônimo unânime, antes mesmo que esses vários viessem a se manifestar.

Somos nós dois anônimos, com algumas diferenças...você é sublime.

Ma disse...

A Lu sempre fez isso, morava a três andares do meu apartamento e nunca aparecia, porém sempre deixou claro que estava lá e que poderiamos contar com ela, esse é um grande diferencial, um dia eu perguntei se ela não gostava de nós e ela disse...
olha, não preciso ir todos os dias em sua casa e dar-lhe bom dia para que você saiba o quanto quero que seu dia seje bom, estou aqui e sei onde você está, quando estiver completamente com vontade de ir eu vou e quando você não quiser me aceitar que diga que não, é simples, não preciso ser carismática, só preciso ser eu.
Nasceu uma amizade dessas palavras.

Dani disse...

E ela ainda encontrou uma pessoa "distinta", como ela mesmo diz, para compartilhar seus momentos, você imagina o que deve ser esse relacionamento?
hauhauahuahuahuahau

Anônimo disse...

O que vcs fizeram a noite toda para esperar o sol amanhecer heim ahuahuahuahuahauhau...zuera.

Doce disse...

E Como não poderia ser diferente pra mim esta tbém foi a melhor das segundas. Eu queria... alias eu escolhi estar ali naquele momento que pra nós simbolizou um crescimento ímpar. Nossaaaa...nunca sei se ja te falei o bastante ou se ja agradeci tanto quanto vc merece de acordo com o bem que vc me faz e os momentos sempre especiais que me proporciona. Tenho todos eles comigo enumerados e relembrados com amor.
Toda a noite, todos os dias que antecederam e tudo que houve após.
Os seus cuidados me encantam e estar ao seu lado é minha FELICIDADE PLENA.