terça-feira, 22 de julho de 2008

.Minha vida.

Reclamei o tempo quando não o tinha para encobrir minhas falhas...“E quanto mais a minha produção fica escassa, do tempo que eu gasto com os outros e não comigo, das frases que eu digo a eles e não a mim, questiono os motivos pelo qual meus movimentos escolheram esse exílio literário. Certa vez aprendi de forma indireta que nada melhor do que o ócio para fazer florescer em nossas idéias indagações que geram poemas, musicalidade, coisas belas e afortunadas. Certa vez aprendi e esqueci com o tempo.” [...] devo agora honrar-me, fazer o que tinha vontade quando não tinha tempo. Tenho um pacto comigo. Tenho um dever a cumprir. Eu voltei a sonhar e isso me deixa feliz.
lg

4 comentários:

Ryanne disse...

Lu,

Simplesmente amei! Me encontrei na sua '.Minha vida."

Bjo

Ry

as disse...

Mulher que só conheço por nome
e face. Distinta da própria escrita.

Anônimo disse...

Mulher que só conheço por nome
e face.Boa de escrita.

Doce disse...

Se voltou a sonhar e isso te deixa feliz....considero-me feliz 10 vezes mais!
Te amoooooo e dez vezes mais é a atual realidade.
BeijO!