sábado, 28 de julho de 2007

Exijo respeito, não sou mais um sonhador.


E se esse frio não chegasse ao coração simplesmente não notaria os arrepios. Mas ele chega. Se pelo menos com essa velhice viesse às rugas, mas elas não vêm. Meramente uma velhice psicológica, a mesma que tranca pessoas em apartamentos. De súbito a vontade de ler um livro, vontade interrompida minutos depois com a desculpa de achar um agasalho. Sem agasalho e já com outras vontades agora procura fixar-se a qualquer coisa, escrever para não fazer esquisitice pior, uma boa saída talvez. Dos convites recebidos ao longo do dia que garantiria a noite um tom de anormalidade frente a essa rotina que se segue, lembra-se que o ato de repelir todos provoca, só agora, um pavor e até certa fadiga. Tudo bem que não queria aceitar, entretanto não queria isso. Na verdade agüentar a solidão dói.

lg

3 comentários:

Agente Social 20 disse...

Anda há relutar com o tempo??
relento em sua janela,
noites frias fortes ventos
sussuram a espreitar:
-O que então faz ela??
Sabe-se que muitos,
deveras veio a recusar
instinto ou sentimento,
Qual emoção veio à tona calhar??
Recorto,colo,analiso
a face oculta
virtual retrato
pseudô-intelectual do ato
niilista por conduta????

Marcelo disse...

Me identifiquei bastante com o post, ainda que o tenha lido quase 2 anos depois de escrito.

Lg. disse...

Essa é a verdadeira essência dos Blogs, que sejam lidos, independente do tempo.