segunda-feira, 30 de agosto de 2010

.Era como sofrer de problema antigo.

Se me fosse perguntado o tamanho do meu medo, saberia responder. É enorme. Se me perguntassem o tamanho da minha saudade, certamente, buscaria palavras difíceis, e a frase ficaria - toda ela - sem exatidão. Tudo acontecia tão dolorosamente lento que fazia com que eu pensasse muito, por horas infindas. Pois, muitas eram as coisas nessa vida que eu não dava conta de solucionar, quando queria falar, não dava conta, quando queria inovar, não dava conta, quando queria dormir, por exemplo, não dava conta.

Lg

Um comentário:

- Lord ♪ disse...

Gostei bastante do texto. Nos deixa com um ar meio indecifrável, parabéns.